C:\Documents and Settings\user\Meus documentos\Minhas imagens Apático, insano e blasé http://photos1.blogger.com/img/84/2500/320/legs.jpg

Saturday, November 26, 2005

Vamo pulá, vamo pulá, vamo pulá, vamo pulááá!

Quem diria?!?
A profecia do profeta Sandijunius pode ter sua validade...
Não é que existe um site incentivando a população mundial a pular ao mesmo tempo para que o planeta mude de órbita?
Sim, here is http://www.worldjumpday.org
O dia mundial do pulo será dia 20/07/2006.
E sem meu pulo (e da Dudinha, moradora oficial da minha belly) e o SEU que está lendo, logicamente, o vislumbre não será apurado!
Imagine que coisa mais formosa todos pulando feito gazelas alucinadas por um mundo "diferente"?!?
Será coisa linda de Deus!!!








- Ju! Você vai pular também?













- Tá louca, mona? E estragar meu salto??

Monday, September 19, 2005

Tô nem aí, tô nem aí!!!!!!

No ano de 2005 todas as minhas bandas preferidas se reuniram de diversas partes do mundo e fizeram um complô contra a minha pessoa. No mais perfeito estilo "reuniões nazistas ultra secretas" decidiram-se pelo inglês como a língua oficial, para que o encontro não se transformasse em uma torre de babel, e deram início à conglomeração :

- Vamos fazer uma armada contra a Priscila. Vamos aproveitar que ela está grávida e realizaremos nossos loucos e insanos shows no Brasil bem no período de sua gravidez, período no qual ela precisa se manter descansada e não pode fazer estrepolias. Será um plano infalível. Principalmente alguns de nós, que nunca foi ao Brasil ou então ficou anos sem botar os pés em terras tupiniquins, agora é a hora de ir e quebrar tudo! Vamos fazer shows raros, memoráveis, viscerais, vamos entrar para a história!

Terminado o plano de ataque, foram distribuídos papeizinhos (sim, quiseram fazer de uma forma bem rústica e excêntrica) e aqueles que se mostrassem a favor deveriam marcar um "x" ao lado de seu nome.

O resultado final foi:
- The White Stripes - concordou em vir ao Brasil no período da gravidez.
- The Strokes - concordou em vir ao Brasil no período da gravidez.
- Weezer - concordou em vir ao Brasil no período da gravidez.
- Pearl Jam - concordou em vir ao Brasil no período da gravidez.
- Rammstein - concordou em vir ao Brasil no período da gravidez.
- Dream Theater - concordou em vir ao Brasil no período da gravidez.

Alguns outro ficaram em dúvidas, mas pensarão seriamente sobre o assunto.
Muse e Radiohead não puderam participar da votação, pois faltaram ao evento, mas serão avisados com urgência!
Chris Martin, vocalista do Coldplay, disse que realizou um show no Brasil não faz muito tempo, mas não descarta a hipótese de retorno, já que se trata de um motivo tão nobre.
Stephen Malkmuns, vocalista do Pavement, compareceu à reunião e alegou que só não compareceria ao Brasil para realizar um mega show porque sua banda anunciou oficialmente seu fim em 2000. Mas está pensando seriamente em ressuscitar o grupo para que haja um único show exatamente nessa época. Beth Gibbons, vocalista do Portishead alegou exatamente a mesma coisa que Malkmuns

.
.
.
Tá, tá, eu sei que o mundo não gira em torno do meu umbigo, agora maior do que nunca, literalmente. Mas estou quase convencida que este é um fato verídico.

* Mamãe conversando com bebê ainda no útero: - Deixa estar, viu filhinha! Mamãe vai começar a gostar de Zezé de Camargo & Luciano que fazem 31 shows por mês aqui no nosso país e quando você nascer e puder ir, vamos nós duas em todos, viu?
* Bebê deu um chute bem forte e enfurecido na barriga da mamãe.

Monday, August 29, 2005

Tristeza não tem fim, a felicidade sim. Ensaboa mulata, ensaboa...

Dica da tia Pri

Felicidade?
Para quê buscar momentos de eufórica alegria se são utópicos, ilusões?
A chave é sair em busca do equilíbrio interno e de brinde você ganha inteiramente "de grátis" a harmonia. Esse é o canal, equílibrio, harmonia.


Então é isso, mais um post sem pé nem cabeça, fruto de uma noite insone.
E esse é bem parachoque de caminhão dirigido por algum aspirante a filósofo por aí.
Sim, minha auto-estima do dia de hoje caiu ali no pé. E se eu fosse um pouco menos alta ficava mais fácil de pegar.
Post auto lavagem cerebral para mim mesma...se é "auto" é claro que só poderia ser para mim mesma, oras.


Amanhã, leio isso, vejo que ficou uma bosta e apago.
FIM.

Friday, August 12, 2005

Meu Brazil brazileiro...



"Atenssão peçoal!!! Krep´s Suisso apenas cecenta sentavos!!!"

Esta foto aí estava perdida no pc. Fui a uma festa junina e não resisti.
Lindo, né?

Thursday, June 23, 2005

Psycho killer Qu’est que c’est???













Roberto Jefferson tem o mesmo olhar psicótico/hipnotizador de serpentes dos personagens mais insanos de Jack Nicholson.











Eu tenho MUITO medo...

Wednesday, June 08, 2005

I´m singing in the rain: "Eloisa to Abelard"

Bem, no momento "entediadazinha da estrela" de hoje resolvi escrever algo aqui antes que deletem minha conta de vez como fizeram com o outro blog.
Como não tenho nada interessante para escrever e minha criatividade ultimamente está se assemelhando à de um repolho bem verdinho ainda não colhido, resolvi escrever sobre um filme que assisti já há um tempinho. Na verdade não é propriamente sobre o filme em si, mas sim sobre as semelhanças dele com outro. A película em questão é "Brilho eterno de uma mente sem lembranças". A princípio o título assusta, parece o nome de uma novela mexicana daquelas com direito a " Amo-te Catarina Dolores de la Sierra" "Eu também te idolatro Antônio Rodolfo de los Angeles". Entretando não é nada disso, trata-se de um filme a ser refletido. OK, talvez meio intelectualóide pretensioso, mas com seus méritos sim. Talvez um leve toque de "Kubrick wannabe", mas ainda com seus méritos. Isso se você deixar seus preconceitos de lado e engolir um Jim Carrey dramático tentando ser menos caricato e esforçando-se em amenizar suas peculiares caretas inatas de plantão. Caso contrário nada feito. O segundo filme em questão é "Laranja Mecânica". Sim, para mim, existe uma semelhança entre os dois. É claro que "Laranja" é uma obra prima criada por um gênio, e é único. E o "Brilho" é um bom filme feito por um diretor ainda não tão aclamado quanto Kubrick, mas com um currículo interessantíssimo (vide "Quero ser John Malkovich) e com Jim Carrey no elenco (este, ponto negativo) mas com uma deliciosa seqüência não linear que muito me atrai (este, ponto positivíssimo). Busquei uma analogia entre os dois no Nosso-Mestre-Oráculo-Google e nada de resposta às minhas súplicas. O que muito estranhei pois trata-se de bons filmes, temas e enredos diferenciadíssimos, mas com um ponto em comum, sutil e ao mesmo tempo forte, entre si : a ânsia descontrolada pelo controle cerebral, o controle dos sentimentos, a robotização do homem, a banalização das emoções, a alienação, a mágica de se "apertar um botão" e fazer sumir aquilo que perturba alguém de alguma forma. O que logicamente só pode resultar numa "brain damage" total. O tratamento Ludovico, literalmente repugnante e agressivo, aplicado por uma sociedade opressora versus o tratamento de destruição de memória realizado por uma clínica particular especializada, igualmente repugnante e desesperador.
Semelhanças sutis e gritantes.
Altamente recomendados.
Come on barbie, let´s go party...I mean , theater.

Wednesday, April 27, 2005

Tell me more, tell me more, but you don't gotta brag

Os embalos de quarta-feira à tarde.

Estava eu embaixo do chuveiro tomando um tranqüilo banho longo e/ou demorado.

- Priscilaaaaaaaaaaaa! gritou minha mãe. Aduhfduhfdufhuyuytytyt grfgheohg???
- O quêêêêêêê ?? perguntei eu
- Aduhfduhfdufhuyuytytyt grfgheohg???
- O quêêêêêêê ??
- Aduhfduhfdufhuyuytytyt grfgheohg???
- O quêêêêêêê ??
-Aduhfduhfdufhuyuytytyt grfgheohg???
- O quêêêêêêê ??
-Aduhfduhfdufhuyuytytyt grfgheohg???
- O quêêêêêêê ??

E o bizarro diálogo seguiu durante os 30 minutos subseqüentes, até que resolvo me dirigir a porta do banheiro, ensopada, abro e pergunto:
- O quêêêêêêê ??
- CADÊ A GARRAFA TÉRMICAAAA???
- Ah, sim!
- E então?
- Não sei, não mexi!

Fecho a porta e continuo o meu tranqüilo banho longo e/ou demorado.
Ao sair, minha mãe estava DENTRO do meu QUARTO procurando a garrafa.

- O estranho é que pela lógica só você tomou café hoje, disse ela. Sua irmã não toma, a empregada não veio e eu fiquei fora o dia todo!
- Não sei, não mexi...

Pois bem, segundos depois o mistério fora desvendado. Entrei na cozinha e estavam minha mãe, meu primo e minha irmã "cascando o bico". Logo pensei, no mínimo, de mim.
Pois é...
Realmente eu peguei a garrafa térmica. Não me lembrava.
Realmente eu tomei o café. Nem sinal de recordações.
Realmente eu guardei a garrafa térmica na GELADEIRA. (...)

Se minha mãe fosse uma boa detetive e tivesse um bom raciocínio lógico ela iria fazer a básica associação:
garrafa térmica - café quente - geladeira.

Amigos, que vontade de pular da janela!
Vim aqui comunicar que é muito provável que eu esteja com mal de Alzheimer e gostaria de dizer que caso eu suma não se preocupem. Estarei sendo bem tratada em uma clínica.
Orem por mim.

Grandes beijos,
Roberta.

ops,
Priscila.